O Clube
teste

 A picape herda a mesma carinha do Gol, mantém o motor 1.6 e conta com opções de cabine simples e estendida


Diversidade 
Com cabine simples e estendida, o modelo oferece configurações para campo e cidade

Na\"Terra de Todos os Santos\", Bahia, a Volkswagen lançou a Nova Saveiro. Criada em 1982, a nova versão chega à sexta reformulação, com itens a mais de segurança e recursos para economizar combustível. Entretanto, por dentro, veio com poucas novidades.

As diferenças marcantes em relação a anterior são o conta-giros (agora em todas as versões); a seta com o sistema Confort Blinker, que permite ao motorista dar um leve toque na haste para piscar a luz de direção três vezes; a possibilidade de desativar o airbag do lado do passageiro por meio da chave; o ESS (Emergency Stop Signal), que aciona as luzes de freio de forma intermitente após uma freada brusca; e os avisos de consumo desnecessário de combustível no painel, no pequeno visor.

Destinada ao trabalho: parte importante para quem tem picape, a caçamba da Nova Saveiro conta com capacidade volumétrica de 734 litros e suporta até 605 kgs de carga

Na parte de segurança, um descuido. No modelo 2013, apenas as versões Trooper e Cross têm airbags e sistema ABS para os freios de série. Os dois recursos seguem opcionais para as versões Trend cabine simples e estendida na linha 2014. É bom salientar ao leitor que a partir de 2014, será obrigatória a fabricação de carros com ABS e airbags frontais.

Na versão Cross, vale destacar o acabamento diferenciado na cabine. O interior do veículo é praticamente preto e os bancos trazem a inscrição \\\\\\\\\\\\\\\"cross\\\\\\\\\\\\\\\". Como não houve grandes alterações estéticas ou de motor, os preços da Nova Saveiro praticamente não mudaram. O modelo Trooper, que já existia na versão 2013, deixa de ter opção cabine simples.

Impressões

Na hora de dirigir, a Saveiro 2014 mostra robustez nas acelerações em baixa rotação, sobretudo, aos 2.000 giros e passa segurança antes de uma ultrapassagem. Por outro lado, o motor 1.6 deixa a desejar quando surgem subidas ou quando o embalo se esgota. Não ultrapasse um caminhão na subida usando a quarta marcha, por favor!

Nas retas planas, por outro lado, vale a pena pisar fundo e usar bem os 104 cavalos, que podem levar o carro aos 120 km/h fácil, fácil.

E frear de repente não é problema para a Saveiro, sobretudo se estiver carregada. Na Bahia, o Auto dirigiu a picape sem nada na caçamba. Em algumas curvas, a traseira derrapou levemente e perdeu estabilidade. Mas vale lembrar: o comercial leve quase sempre estará carregado. Desta vez, não estava.

Além da música, o painel do som mostra qual distância se encontra do obstáculo; atrás do banco um espaço a mais

Quanto ao câmbio, a tradicional transmissão manual de cinco marchas foi mantida pela Volkswagen e segue como referência no mercado brasileiro de compactos. Outro elogio a ser feito é o silêncio na cabine. A Volkswagen soube vedar bem o cofre do motor. A versão Cross se destaca anda mais neste quesito.

Auto dirigiu a nova Saveiro em dois terrenos: pista asfaltada e estrada de terra batida - que virou barro com a forte chuva que caiu no dia do teste. E sobre este terreno traiçoeiro, a picape não decepcionou mesmo sobre piso escorregadio.

Ficha Técnica

Motor: 1.6 flex
Potência: 101/104 cv (etanol)
Transmissão: manual ( 5 velocidades + ré)
Tanque: 55 litros
CaçambA: 734 l
Direção: hidráulica
Aro: 15 polegadas
Capacidade de carga: 605 kg
Consumo: 10,7/7,3 km/l (cidade)
Vel. Máxima: 173/175 km/h
Preço: De R$ 33.490 a R$ R$ 48.990 (Preço como base de SP)
  • GM investirá US$ 2,2 bilhões em fábrica de veículos elétricos nos Estados Unidos

    Montagem em Detroit-Hamtramck será para picapes e utilitários esportivos elétricos. Primeiro modelo começará a ser produzido no final de 2021. Chevrolet Bolt ué carro elétrico da marca que já é vendido no Brasil Celso Tavares/G1 A General Motors investirá US$ 2,2 bilhões em sua linha de montagem de Detroit-Hamtramck para construir picapes e utilitários esportivos elétricos, informou a montadora norte-americana em comunicado nesta segunda-feira (27). A empresa disse que a picape...
  • Fiat Weekend sai de linha após 23 anos de produção

    Última perua compacta do mercado se despede após mais de 530 mil unidades vendidas. Fiat Weekend Divulgação/Fiat A Fiat anunciou nesta segunda-feira (27) o fim da produção da Weekend. Lançada no Brasil em 1997, como Palio Weekend, a perua teve mais de 530 mil unidades vendidas, e foi até mais longeva do que o modelo da qual era derivada. O Palio saiu de linha há 2 anos. Weekend morreu, mas vem aí uma nova Strada. Veja os lançamentos de 2020 Sua aposentadoria abre espaço para a...

Som Automotivo
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed 

Som Automotivo
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed 

Som Automotivo
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed 

Parceiros
     

© 2013 Saveiroclube.com.br - Todos os direitos Reservados.

 Home  |  O Clube  |  Galeria de Fotos  |  Noticias  |  Artigos  |  Saveiro do Mês  |  Seja Sócio  |  Parceiros  |  Loja Virtual  |  Contato 

PUBLICIDADE - TERMOS DE PRIVACIDADE - FALE CONOSCO